Body Neutrality: um movimento para ficar de olho

Body Neutrality

Muito já ouvimos falar sobre o movimento body positivy, onde a autoaceitação está acima de tudo. As quebras de padrões de beleza, amar o nosso corpo independente do peso, das medidas e do número de roupa que usamos foi o start para esse movimento. Complementando tudo isso, surgiu o body neutrality.

A diferença desse movimento é ter uma atitude mais neutra diante do seu próprio corpo. Aceita-lo sim, mas sem a necessidade de venera-lo dizendo: “EU AMO MINHAS CELULITES! ” Mas poder dizer: “NÃO ACHO QUE TER CELULITES É ALGO BONITO. MAS AS TENHO E ESTÁ TUDO BEM”. É realmente levantar a bandeira branca e parar de lutar por um padrão. O movimento neutrality se baseia no que o corpo é capaz de fazer, seus movimentos, e expressões e menos no que ele aparenta.

Esse movimento também ajuda na saúde mental já que você instintivamente vai pensar menos no seu corpo e poderá usar suas energias em outras tarefas. O interessante é poder encontrar o meio termo.  Sabemos que na teoria tudo isso é muito lindo. Mas, na prática e na sociedade que sempre pressionou as mulheres quando o assunto é corpo, fica mais difícil fazer desse movimento um hábito.  O ideal é ir aos poucos, focando cada vez mais na saúde, no poder que o nosso corpo tem e é capaz de fazer.

Gostaram da reflexão? Acham um movimento interessante?

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>