Corrija a sua postura e evite dores nas costas

postura

Depois de um longo dia de trabalho tudo o que mais queremos fazer ao chegar em casa é nos jogar no sofá e relaxar, assistir um filme, checar as redes sociais e bater um papo com a família. Porém, esse hábito pode ser uma das razões para o surgimento de dores nas costas ao longo do dia.

A nossa má postura até mesmo quando estamos em pé respondendo uma mensagem no celular, ou sentadas lendo um livro estão completamente relacionadas aos desconfortos nas costas, pescoço e ombros. Por isso, é preciso ficar sempre atenta à sua postura  e mudar qualquer hábito que possa estar errado, pois com o passar dos anos, esses pequenos desconfortos podem se tornar algo muito sério.

Confira algumas dicas simples, que irão melhorar a sua postura e também a sua qualidade de vida.

É muito importante andar sempre com a cabeça alinhada com os ombros, principalmente quando usamos o celular, tablete ou computador com muita frequência, pois nesses momentos temos o péssimo hábito de inclinar a cabeça para frente. Portanto, quando for responder ou ler uma mensagem de texto no celular, ao invés de abaixar a cabeça, levante um pouco mais os braços e coloque o celular no seu campo de visão horizontal.

Quando ficamos muito tempo em pé, começamos a nos sentir incomodadas,  então  trocamos o peso do nosso corpo entre um pé e o outro, sempre sobrecarregando apenas uma região. Portanto, ao ficar em pé, concentre o seu peso em ambos pés, do calcanhar até os dedos igualmente, relaxe os joelhos e flexione-os levemente, assim evita que a sua lombar se sobrecarregue.

Observe o jeito que você dorme, prefira dormir sempre de lado e com um travesseiro extra na cabeça, deixando-a na mesma altura dos ombros  e outro entre os joelhos. Isso vai posicionar o seu quadril e alinhar a coluna.

Se você trabalha sentada procure ficar reta a maior parte do tempo, ou o tempo todo. É muito importante que os seus glúteos toquem o assento completamente, assim as curvaturas da coluna ficarão livres.

Faça dessas dicas um hábito constante e dê adeus às dores! Claro, se os sintomas persistirem procure um médico.

 

 

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>