Ajudar as Crianças e Jovens a Estudarem em Casa

Ajudar os filhos a estudarem em casa

Dicas para ajudar as crianças e jovens a estudarem em casa

Jovens de todo o país estão a poucos passos de conquistar uma vaga na universidade dos sonhos. Centenas de vestibulares já foram realizados, outros estão em andamento e alguns se dirigem para as fases finais. Para quem se preparou a hora é de calma e autoconfiança.

Conversando com amigos que trabalham no Colégio Cantareira, localizado na zona norte paulista, recebi algumas dicas legais e que eles separaram e apresentaram aos alunos do colégio.

Vai aqui algumas dicas para quem quer se dar bem e conquistar a vaga na universidade:

1 – Faça um cronograma das suas atividades e estudos – Assim como é preciso tirar um tempo para estudar, o de descanso e sono de qualidade são imprescindíveis para o equilíbrio do corpo e mente.

2 – Ler entender e reter – O processo de aprendizado requer muita concentração, certo? Por isso, não se apresse com alguns assuntos que demandem mais tempo. Leia, releia até sentir que sua memória absorveu o conteúdo. A fixação da nossa memória ocorre enquanto dormimos, por isso é fundamental ter um sono de qualidade para aprender o que estudamos.

3 – Busque suas anotações – Seja em tópicos ou por extenso, as anotações individuais são ótimas para guardar na memória. A revisão delas é tão importante quanto a do conteúdo.

4 – Alimente-se bem – A alimentação balanceada é essencial para o corpo e mente. Tire um tempo de qualidade para suas refeições, coma com calma, mastigue bem os alimentos. Isso faz com que seu organismo demande menos energia para a digestão, o que evita aquela sensação de peso e cansaço após as refeições. Coma, de preferência, de três em três horas, para manter o metabolismo ativo, evite gorduras, açúcar e álcool e beba água.

5 – Exercite-se – O corpo e a mente devem ser exercitados, sempre. O treino diário ajuda no controle da ansiedade e elimina a tensão e te deixará mais autoconfiante.

Essas dicas de estudo também são valiosas para crianças que ainda estão dando seus primeiros passos no ensino. Para elas, vale adaptar para as idades dos menores. A hora de estudar representa um momento de desprazer e privação e há vários fatores dentro de casa e na escola que podem ajudar a mudar isso:

Reserve um espaço tranquilo para os estudos. Evite lugares agitados, com muito vai e vem de pessoas, animais de estimação ou musica alta. Assim como nós adultos, crianças precisam de silêncio para se concentrarem, para ler e para raciocinar.

Reserve um tempo fixo e diário para os estudos: Pode parecer missão impossível, e de fato dá trabalho no começo, mais ainda para pais que trabalham fora, ou permanecem por longas horas fora de casa, mas estabelecer a “hora do estudo” ensina as crianças a se organizarem, não acumularem deveres de casa e, consequentemente, terão mais tempo para as brincadeiras, diversão e descanso.  Fixe horários. Você pode negociar qual será a hora, mas seja assertivo e não deixe a proposta escapar.

Peça que seu filho(a) faça resumos do que aprendeu no dia: Ele(a) pode escrever como se fosse um diário. Aqui é que é legal: Eles contarão, usando as palavras deles, o que aprenderam e é nesse momento que eles formalizam o que estudaram, se apropriam do conteúdo e surgem as dúvidas e equívocos de entendimento.

Crie um ambiente favorável ao momento. Um ambiente claro; uma garrafinha de água; um “oi filho(a), e aí como está indo?” vez ou outra. Tudo isso torna o momento mais agradável e menos “punitivo”.

Ao final da hora do estudo, bata papo: Perguntas como “e aí, o que estudou hoje” ou uma olhada no caderno, te darão confiança se o estudo está caminhando e como seu filho tem se saído. Tente relacionar, junto com seu filho, coisas que ele está estudando com coisas do dia a dia. Pergunte se ele precisa de ajuda.

Ajude seu filho(a) a se organizar: São muitas disciplinas e muito conteúdo. Por vezes a dificuldade nos estudos em casa é organização. Defina os dias em que serão estudadas cada matéria para que atenda as necessidades dele e as suas, já que nós pais, nem sempre temos agenda para acompanhar tão de perto o estudo de nossos filhos.

 

Espero que as dicas ajudem!

Adriana Amaral.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>