Mitos e verdades: para ficar magro preciso passar fome?

corpo

Por Karen Corsini

Por anos acreditamos que o caminho para o corpo perfeito é malhar muito e comer pouco… Isso é mesmo verdade? Será que comer pouco emagrece (ou seja, elimina gordura?). Será que comer 1.000 calorias em fast foods é o mesmo que comer 1.000 calorias de arroz e feijão?

Gente, por favor, acredite se quiser: a obesidade cresceu de tal forma que mata mais que fome! Ficar sem comer só vai contribuir para o seu aumento de peso. Se exercitar demais terá o mesmo impacto. Mas, então, o que fazer?

Primeiro que ninguém vai longe com essas práticas. Ninguém vive com fome, ninguém

consegue passar a vida inteira se lesionando em academia! Pare, acorde e viva!

Coma certo, não menos.

Exercite-se de forma correta, não mais.

Consuma alimentos, e não produtos!

Não conte calorias. Aprenda a comer para se saciar, com alimentos de verdade.

Se você passar fome seu organismo sabe poupar, e você vai precisar comer cada vez menos!

Se você se exercita de forma excessiva e incorreta, vai liberar mais cortisol, vai ter mais fome, provavelmente irá perder sua massa magra e ficar com o metabolismo mais lento…

Então, é claro que seu ânimo vai durar pouco e sua cabeça vai pirar… Vai pensar que está com problemas hormonais, mas na verdade está fazendo a coisa certa de forma errada…

E logo, logo você estará comendo o dobro e desanimado de ir para a academia porque está exausto, chateado e ainda com o pouco resultado!

Busque a ajuda de bons profissionais, defina qual é o método certo para você e faça!

Com equilíbrio, dedicação e maturidade (esqueça: não existe fórmula mágica), você vai desenvolver novos hábitos que mudaram sua vida para sempre, quando você cria hábitos eles perduram e não se tornam um fardo, apenas mais uma parte deliciosa da vida que você construiu.

karen

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>