Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Com uma vida cada vez mais corrida, cresce a opção de alimentação rápida com os fast foods e, é comum que em todas as famílias, pelo menos um indivíduo, consuma suplementos vitamínicos para repor o que não consegue consumir em uma alimentação saudável. Mas você sabia que o uso dessas vitaminas sem indicação ou acompanhamento médico pode prejudicar a sua saúde?

Um exemplo simples é o consumo de betacaroteno (vitamina A). Presente em frutas e vegetais de coloração alaranjada, é um poderoso antioxidante, ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e atua contra o envelhecimento das células se ingerido in natura. Já o consumo em formato suplementado, pode aumentar o risco de câncer no pulmão. Da mesma forma, vitaminas como a E, encontrada em castanhas, se ingerida naturalmente promove proteção contra doenças coronarianas, mas, como suplemento, pode aumentar o risco de derrame.

Mas por que disso?

Nosso corpo tem necessidade de receber uma quantidade certa de vitaminas diariamente em porções pequenas, muitas vezes, menores de 75 mg como é o caso da vitamina C. Uma laranja já fornece mais que essa quantidade, imagine em uma capsula. É fato que o excesso de vitaminas será eliminado na urina, mas o problema está justamente no consumo suplementado que, geralmente, fornece muito mais que o necessário ao nosso corpo.

Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

A hipervitaminose (excesso de vitaminas no corpo), antes de causar danos graves à saúde e lesões em alguns órgãos, pode dar sinais como pele ressecada, fissuras labiais, letargia (inconsciência), reações alérgicas, queda de cabelo e náuseas. No entanto, temos sintomas como lesões de fígado quando falamos de intoxicação por vitamina A; paralisia do centro respiratório chegando ao óbito quando falamos de excesso de vitamina B1 e danos aos ossos se falarmos de vitamina D.

Os efeitos podem ser piores se falarmos no consumo de anabolizantes por pessoas que praticam esportes. Neste caso, para o público masculino, as consequências vão de infertilidade, impotência e chegam ao câncer.

Anabolizantes são hormônios sintéticos fabricados a partir da testosterona, hormônio masculino, e seu uso influencia no aumento dos músculos, na força física e no ganho de resistência. Paralelo a esses benefícios, podem acontecer o estimulo a proliferação celular e, consequentemente, o desenvolvimento de tumores hepáticos em diversos órgãos como nos testículos e na mama e endométrio nas mulheres.

Voltando às vitaminas, sempre foi dito que a quantidade diária ideal de vitamina C seria de 75mg para mulheres e 90mg para homens. Mas recentemente o Instituto Linus Pauling, nos Estados Unidos, concluiu que esse valor não é apropriado. Em artigo publicado na revista Critical Reviews in Food Science and Nutrition, a dose ideal revisada é de 200 miligramas, tanto para homens como para mulheres.

Lembrando que os suplementos de vitamina C disponíveis no mercado normalmente contêm 1000mg(1g), ou seja, 5 vezes mais que a dose diária recomendada. Portanto, fiquem atentas, pois o excesso de vitamina C no organismo em alguns casos pode ocasionar problemas como pedras nos rins.”

O que fazer?

O consumo de alimentos in natura é sempre o melhor. Claro que se existe alguma disfunção que impeça ou atrapalhe a absorção de algum tipo de nutriente ou vitamina, um médico deve ser consultado para receitar a manipulação ou o consumo da correta suplementação.

Eu estava lendo uma matéria que a Abril publicou e os exemplos de quantidade de vitaminas e onde encontra-las eu trago aqui algumas para vocês:

Vitamina A:

Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Onde está: fígado, rúcula, espinafre, acelga, cenoura, manga e abóbora.
Aposte na vitamina A para: prevenir a cegueira noturna, lesões na pele, conjuntivite e propensão à bronquite.
Quantidade recomendada: 700 mcg para mulheres e 900 para homens. Meia escumadeira de abóbora cozida fornece 1050 mcg.

Ácido Fólico

Onde está: miúdos, folhas verde-escuras, cenoura, cereais, abacate, melão e damasco.

abacate Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Aposte no ácido fólico para: prevenir fraqueza, úlcera intestinal, doenças cardíacas, falta de sono e irritabilidade.
Quantidade recomendada: 400 mcg diários para homens e mulheres. Uma concha de feijão-preto fornece 119 mcg.

Ácido Pantotênico

verduras Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Onde está: ovos, salmão, miúdos, leveduras, couve-flor, brócolis e carnes magras.
Aposte no ácido pantotênico para: evita náuseas, cansaço e falta de coordenação motora.
Quantidade recomendada: 5 mg para mulheres e homens – uma flor média de brócolis grandes garante 0,357 mg.

B1

Onde está: fígado, amendoim, leite, aves, peixes, leguminosas, grãos integrais e frutos do mar.

grãos Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Aposte na vitamina B1 para: evitar perda de apetite, dermatite, falta de força muscular, fadiga e memória.
Quantidade recomendada: 1,1 mg para homens e 1,2 mg para homens. Três colheres de sopa de ervilhas frescas contém 0,168 mg.

B2

Onde está: leites e derivados, carnes, verduras folhosas, grãos integrais e gema de ovo.

ovos Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Aposte na vitamina B2 para: prevenir feridas no canto da boca, inflamação da língua, crostas e queimação de pele.
Quantidade recomendada: 1,1 mg para mulheres e 1,3 mg para homens. Um filé de frango garante 0,280 mg.

B6

Onde está: carnes (principalmente a de porco), milho, batata, aveia e feijão.

milhos Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Aposte na vitamina B6 para: dar um chega-pra-lá em tremores, anemia, convulsões e lesões nos olhos, no nariz e na boca.
Quantidade recomendada: é de 1,3 mg para homens e mulheres, diariamente. O equivalente a cerca de 7 colheres de sopa de batata cozinha.

B12

Onde está: carnes, fígado, ovos, leite e seus derivados.
Aposte na vitamina B12 para: se proteger de anemia, fraqueza generalizada e problemas menstruais.

Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Quantidade recomendada: as doses ideais são 2,4 mcg para ambos os sexos. Em um bife bovino você encontra 25 mcg.

C

Onde está: limão, laranja, acerola, tomate, folhas verdes e batata.

laranja Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Aposte na vitamina C para: não se tornar refém de lesões na gengiva, dificuldade de cicatrização, fraqueza, perda de apetite e depressão.
Quantidade recomendada: mulheres devem ingerir 75 mg e homens, 90mg diariamente. Um kiwi de 90 g fornece 99 mg da vitamina.

Vitamina D

Onde está: peixes e óleo de fígado de peixe.

peixe Suplementos vitamínicos x Alimentos naturais

Aposte na vitamina D para: evitar males como raquitismo, dentes fracos e dores musculares.
Quantidade recomendada: o indicado são 5 mcg diários. Quer uma ideia de quanto os alimentos são econômicos em vitamina D? Aqui vai: 2 colheres de copa de carne moída contêm apenas 0,132 mcg do nutriente.

 

Espero que estas dicas sejam válidas para vocês.

Uma ótima semana para todos nós com muita saúde e, já me seguem no Instagram? Por lá eu também dou dicas e posto fotos bem legais do meu dia. Segue lá: @adri.amaraltv

 

Adriana Amaral.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>